IML - Instituto dos Mares da Lusofonia

IML
(Intervenientes) Moderadores
Almirante Francisco Vidal Abreu

francisco-vidal_abreu.jpg

Almirante Francisco Vidal Abreu

Ingressou na Escola Naval em 1961. Promovido a Guarda-Marinha em 1965. Especializou-se em Electrotecnia. Ao longo da sua carreira exerceu os mais diversos cargos, a bordo e em terra. MSc. em Oceanografia pela Naval Postgraduate School - Monterey, Cal., USA. Serviu no Instituto Hidrográfico onde chefiou três Divisões (Marés, Ondas, e Dinâmica Costeira e Estuarina), dirigiu um projecto NATO de investigação no âmbito do Programa Science for Stability, e exerceu o cargo de Director Técnico-Científico. Frequentou o Naval Command Course no Naval War College - Newport, R.I., USA.

Foi Subchefe do Estado-Maior da Armada, Superintendente dos Serviços de Material e Vice-Chefe do Estado-Maior da Armada. Terminou a sua carreira naval no exercício do cargo de Chefe do Estado-Maior da Armada. Da sua folha de serviços constam diversos louvores e condecorações de que se destacam: Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo, Grã-Cruz da Ordem Militar de Avis, duas Medalhas de Ouro e quatro Medalhas de Prata de Serviços Distintos, Medalhas de Mérito Militar de 1ª e 2ª Classe, Medalha de Cruz Naval de 2ª classe, Grã-Cruz do Mérito Militar com Distintivo Branco do Reino de Espanha e Grande-Oficial da Ordem de Mérito Naval da República Federativa do Brasil.

No âmbito técnico-científico tem trabalhos publicados sobre Marés e Correntes de Maré (de apoio ao Curso de Especialização em Hidrografia) e sobre Energia das Marés (Boletim da Sociedade de Geografia). Mais recentemente tem intervenções publicadas com os títulos A Governança das Zonas Costeiras - O Mar e a sua Importância (Academia de Marinha), O Porto de Lisboa e a Terceira Travessia sobre o Tejo (Revista de Marinha) e O Porto de Lisboa e a Golada do Tejo (Academia de Marinha e Revista de Marinha).

O Almirante Vidal Abreu é sócio efectivo da Sociedade de Geografia e membro emérito da Academia de Marinha.

 
Prof. Dr. Armando Marques Guedes

marques_guedes.jpg

Em Maio de 2005, Agregação em Direito, Faculdade de Direito, Universidade Nova de Lisboa (FDUNL); Julho de 1996, Doutoramento em Antropologia Cultural e Social, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH), Universidade Nova de Lisboa; Julho de 1980, M.Phil. em Social Anthropology, The London School of Economics and Political Science (LSE), University of London; Junho de 1978, Diplôme em Anthropologie Sociale, École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS), Paris; Agosto de 1976, BSc (Honours) em Social Anthropology, The London School of Economics and Political Science (LSE), University of London; Outubro de 1975, Curso de Administração Política, Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP), Universidade Técnica de Lisboa.

Entre 1972 e 2009, foi Bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian, recipiente da Mary Scharlieb Studentship da University of London, e bolseiro da École des Hautes Études en Sciences Sociales, da London School of Economics and Political Science, do Museum of Mankind (British Museum), da Fauna Preservation Society, da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, e da Fundação para a Ciência e Tecnologia.

Em 1979 recebeu um prémio da École des Hautes Études en Sciences Sociales, pela melhor tese do ano.

Foi, ainda, Ivor Evans Fellow da University of Cambridge (1979-1982), no Museum of Anthropology and Archeology, bem como Fellow da University of Edinburgh (1979-1981), na Escócia.

É Professor Associado com Agregação, de nomeação definitiva, da Faculdade de Direito, Universidade Nova de Lisboa, desde Maio de 2005, e Membro do Conselho dessa Faculdade; Professor Convidado (1999-2010) Curso de Defesa Nacional (IDN), Instituto de Defesa Nacional, Ministério da Defesa; Professor Convidado (1999-2009) Instituto de Estudos Superiores Militares (IAEM, depois IESM), Ministério da Defesa, e desde 2010 Professor efectivo do mesmo Instituto; Professor Convidado do Instituto de Ciências Policiais e Segurança Interna (ISCPSI), Ministério da Administração Interna (MAI), e aí coordenador científico de uma pós-graduação em Gestão Civil de Crises. Bem como Professor Convidado no Instituto Nacional de Administração (INA), no Ministério da Ciência e Ensino Superior.

É, também, o representante da Faculdade de Direito da Nova junto ao IESM, no quadro da Comissão de Gestão do Protocolo entre as duas instituições, que visa estabelecer um Programa de Doutoramento no Instituto, com início no ano lectivo de 2010-2011.

Em Portugal, tem servido desde 2005 como Presidente da Assembleia Geral, Sociedade Portuguesa de Direito Internacional (SPDI) uma branch da International Law Association (ILA); Vice-Presidente do Conselho Superior do Movimento Europeu, Portugal; primeiro membro do Conselho Directivo e depois Vice-Presidente do Conselho Consultivo do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo (OSCOT); Vice-Presidente da Comissão de Relações Internacionais da Sociedade de Geografia de Lisboa; Vice-Presidente do Instituto for Luso-Árabe para a Cooperação (ILAC), e Presidente da sua Comissão de Relações Externas e Institucionais; Presidente da Comissão de Relações Internacionais e Institucionais, Instituto da Democracia Portuguesa (IDP), e Membro do seu Conselho de Curadores; Membro Fundador do Centro Português de Geopolítica (CPG). É, ainda, Conselheiro Honorífico do Centro de Estudos de Políticas e Estratégias Nacionais (CEPEN), bem como seu representante em Portugal.

Antes disso, foi Presidente do Instituto Diplomático (2005-2008), do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Director de Policy Planning (2006-2008) do mesmo; Professor no Ministério dos Negócios Estrangeiros e Director do Curso de Política Externa Nacional (2006-2008); Conselheiro Cultural (1985-1989) da Embaixada Portuguesa em Luanda, Angola. Professor nos Departamentos de História e Teoria das Ideias (1999-2000), Ciência Política e Relações Internacionais (1997-1999) e Antropologia (1989-1999), Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (FCSH-UNL), onde foi Presidente do Instituto Oriental (1994-1997); Professor Convidado, Faculdade de Direito, Universidade Nova de Lisboa (FDUNL) e Membro do seu Conselho Directivo (1999-2005).

No estrangeiro tem sido membro de uma dezena de think-tanks e sociedades científicas, e com alguma regularidade, tem realizado Consultadorias em meia dúzia de Estados e organismos internacionais, na Europa e em África.

É ainda membro do Conselho Editorial de seis publicações académicas periódicas, em Portugal e no estrangeiro, presidindo também aos Conselhos Editoriais de três colecções universitárias de livros.

Levou a cabo trabalho de campo nas Filipinas (1979-1982), em Cabo Verde (2000), S. Tomé e Príncipe (2001), Angola (2002 e 2003) e Timor-Leste (2009 e 2010).

Proferiu Conferências e palestras e/ou organizou Cursos em vários países: Alemanha, Algéria, Angola, Áustria, Bélgica, Brasil, Bulgária, Cabo Verde, Canadá, China, Chipre, Croácia, Egipto, Eslovénia, Espanha, Filipinas, Finlândia, França, Geórgia, Grécia, Holanda, Hungria, Itália, Lituânia, Macedónia, Marrocos, Moçambique, Noruega, Polónia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Roménia, Rússia, Sérvia, S. Tomé e Príncipe, Timor-Leste, Turquia, Ucrânia, Uruguai e Estados Unidos da América.

Tem obra publicada em onze destes países.

É autor de mais de setenta artigos e de catorze livros sobre Ciência Política, Segurança e Defesa, Segurança Interna, Relações Internacionais, História da Diplomacia e da Política Internacional, Direito e Sociedade, Sistemas Jurídicos Africanos, e Antropologia Jurídica.

 
Prof. Dr. Manuel de Almeida Ribeiro

almeida_ribeiro_3.jpg

Graus académicos

1979 - Licenciado em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro

1992 - Doutor em Ciência Política pela Universidade Técnica de Lisboa

2002 - Agregação pela Universidade Técnica de Lisboa

Actividade académica

1982-1982 - Monitor da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa

1983 - 1992 - Assistente convidado do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa

1992 - 1998 - Professor auxiliar do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa

1998 - 2010 - Professor associado do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa

Outras actividades

1981 -1983 - Assessor do Ministro da Habitação, Obras Públicas e Transportes

1983 - 1990 - Exercício da advocacia

1990 - 1995 - Assessor do Primeiro-ministro

1995 - 2003 - Exercício da Advocacia

1995 - 2005 - Consultor Superior de Petróleos de Portugal - PETROGAL, S.A.

2005 - 2008 - Director da Consultadoria Jurídica do Grupo Galp Energia

Principais obras publicadas

A Zona Económica Exclusiva, Lisboa, ISCSP, 1992

A Organização das Nações Unidas, Almedina, Coimbra 1998, 2.ª ed. c/ Mónica Ferro em 2004

Organizações Internacionais, c/ outros, Fundação Calouste Gulbenkian, 1999

Introdução ao Direito Internacional Privado, Almedina, Coimbra 2000 (reimpressões em 2004 e 2009)

Introdução ao Direito para as Ciências Sociais, ISCSP, 2004 (reimpressão em 2008 e 2009)

Um Debate sobre a Morosidade da Justiça (Coord.), Almedina 2009

Cerca de trinta artigos sobre Relações Internacionais e Direito Internacional.

Membro da Ordem dos Advogados Portugueses, da Ordem dos Advogados do Brasil, da ABA - American Bar Association, da IBA - International Bar Association, da Associação Portuguesa de Canonistas, da Sociedade de Geografia de Lisboa, da Sociedade Portuguesa de Direito Internacional, da ILA - International Law Association, da Associação Portuguesa de Ciência Política, do IDP - Instituto da Democracia Portuguesa e do OSM - Observatório de Segurança Marítima.

 
Dr. José Poças Esteves

jpoasesteves_saer.jpg

Nascido em 1953.

Licenciado em Finanças pelo Instituto Superior de Economia de Lisboa, actual ISEG (1976).

Master Class em Strategic Change, Universidade de Oxford - Templeton College.

Master Class em e-Business Strategy, London Business School.

Revisor Oficial de Contas.

Membro da Ordem dos Economistas.

Sócio Honorário do Fórum ECR (Efficient Consumer Response) Portugal.

Durante cerca de 24 anos (1978-2002) fez carreira internacional na empresa de auditoria e consultoria Coopers&Lybrand, depois PricewaterhouseCoopers.

Como auditor e partner dos Serviços de Auditoria da Coopers&Lybrand Portugal (1978-1986), foi Auditor e Revisor Oficial de Contas responsável por diversas empresas de referência nacional e internacional e o responsável pela constituição e arranque da Coopers&Lybrand Mozambique.

Como Managing Partner  responsável pelos Serviços de Consultoria da Coopers&Lybrand Portugal (1987-1998), foi o principal responsável pelo lançamento e pela gestão, em Portugal, Angola e Moçambique, de todos os serviços de Consultoria em Gestão, com responsabilidades técnicas principais nas áreas de Transformação Empresarial, nomeadamente Estratégia e Marketing, Finanças e Avaliação de Empresas, Fusões e Aquisições, Reengenharia e Produtividade, Qualidade e Gestão da Mudança.

Tendo sido Managing Partner responsável pelos Serviços de Estratégia e Mudança e pelas Áreas de Negócio de Indústria e Comércio na PricewaterhouseCoopers Portugal (1998-2002), foi membro do Management Board internacional responsável pelo EMEA - Cluster Mediterrânico (Europa, Médio- Oriente e África).

Actualmente é Sócio-Gerente da SaeR - Sociedade de Avaliação Estratégica e Risco, Lda, empresa fundada e liderada pelo Prof. Ernâni Rodrigues Lopes, actuando nas áreas de consultoria em Geopolítica, Prospectiva, Estratégia e Competitividade. Tem sido um dos principais responsáveis por estudos e aconselhamento em estratégia e políticas de actuação para sectores económicos e empresas, nacionais e internacionais, bem como para regiões e cidades, aconselhando  no seu posicionamento estratégico e  planos de desenvolvimento e acções, no quadro da globalização competititiva e dos novos modelos de relacionamento económico internacional.

De entre vários outros projectos recentes, foi um dos principais responsáveis pelo estudo "Reinventando o Turismo em Portugal-Estratégia de Desenvolvimento do Turismo Português no I Quartel do Séc. XXI", o estudo "O Hypercluster da Economia do Mar-Um Domínio de Potencial Estratégico para o Desenvolvimento da Economia Portuguesa" e ainda, entre outros,  um conjunto de estudos, também coordenados pelo Prof. Ernâni Lopes, sobre domínios estratégicos da Economia Portuguesa, elaborados para o semanário Sol sob o âmbito "Portugal: Desafios nos Alvores do Sec.XXI".

É também responsável, como Vice-Presidente Executivo, da Companhia Portuguesa de Rating, SA (CPR).

 



APOIANTES do IV CONGRESSO - 2016