IML - Instituto dos Mares da Lusofonia

IML
Noticias
Novo Patrulha da Marinha Portuguesa chegou a Lisboa

nrp tejored

O primeiro de quatro patrulhas Costeiros STANFLEX 300, adquiridos pela Marinha Portuguesa à Dinamarca, atracou na tarde do dia 12 de Maio de 2015 na Base Naval de Lisboa.

O NRP Tejo conjuntamente com as restantes três unidades navais que serão entregues até 2016 irão reforçar a capacidade do Estado Português nas áreas da fiscalização marítima, busca e salvamento marítimo, combate à poluição e preservação do mar, possibilitando à Marinha Portuguesa levar a cabo as tarefas no âmbito da sua responsabilidade, dentro de parâmetros de racionalidade, compatíveis com os recursos materiais, humanos e financeiros de que dispõe.

A aquisição destes navios vem preencher a lacuna de meios para operar na faixa costeira sentida pela Marinha, desde que foram abatidos 7 navios patrulha da classe “Cacine” pelo elevado estado de desgaste, e irá proporcionar à indústria nacional uma oportunidade de trabalho, uma vez que a modernização destes meios que apresentam baixos custos de manutenção do casco, dos equipamentos e sistemas de plataforma ficará a cargo do Arsenal do Alfeite s.a..

(Informação prestada em 12MAI2015 por Newsletter da Marinha de Guerra Portuguesa)

 
"World of discoveries" inaugurado no Porto

mapadescobertas2

Foi inaugurado no dia 24 de Abril de 2014, em Miragaia, junto ao rio Douro, na cidade do Porto, um Museu que retrata a história dos descobrimentos, num prédio anexo às instalações da empresa Douro Azul e mesmo em frente ao Museu das Telecomunicações, o antigo edifício da Alfândega do Porto.

Em cada espaço da exposição, que passa por informação interactiva, privilegiando notas históricas sobre os navegadores portugueses e as diversas ocorrências que tiveram lugar durante as suas viagens, é ainda dado a conhecer o interior dos navios e as suas acomodações e como se processava então a construção naval. Nos trajetos a visitar estão disponiveis guias, vestidos a rigor com trajes quinhentistas,  habilitados a dar as necessárias explicações e facilitando o enquadramento dos locais visitados. A viagem ao conhecimento das descobertas termina com uma passagem por diversos locais onde aportaram os marinheiros de então, na África, na Índia, na China e no Brasil.

Agradecemos ao Sr. Reinaldo Delgado a informação que permitiu a elaboração desta noticia.

 
MARSAFENET em Bruxelas com presença portuguesa

mar

A MARSAFENET, rede de juristas especializados em Direito Internacional do Mar, integrada na Acção COST ('European Cooperation in Science and Technology') da União Europeia, organizou em Bruxelas, no dia 2 de Abril de 2014, uma Conferência Internacional subordinada ao tema ' Safety and Security Issues with Respect to Resources Exploitation in Areas Beyond National Jurisdiction'.

Esta Conferência contou com a participação de Fernando Loureiro Bastos, Professor da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa,que apresentou uma comunicação sobre ' Environmental Standards for Exploration and Exploitation of Mineral Resources in the Area', e de Fernando José Correia Cardoso, Assessor Jurídico na Direcção-Geral 'Assuntos Marítimos e Pescas' da Comissão Europeia, ambos membros da Association Internationale du Droit de la Mer. A Conferência contou igualmente, como oradores, com representantes da Argentina, da Bélgica, do Canadá, do Tribunal Internacional do Direito do Mar e da Comissão Europeia.

O objectivo da Conferência foi  reflectir sobre as condições de exploração dos recursos vivos e não vivos nas zonas situadas para além dos limites de jurisdição nacional, em particular na Área, que se encontra sujeita, nos termos das disposições pertinentes da Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar ( Parte XI), à Autoridade Internacional dos Fundos Marinhos, e isto tendo em conta o interesse económico que se vem manifestando pelos recursos não vivos.

Na decorrência do quadro jurídico actualmente existente, e de instrumentos a adoptar no futuro, a Conferência debruçou-se em particular sobre as vertentes ligadas à segurança que deve estar presente nas actividades de exploração de tais recursos. Assim, foram nomeadamente desenvolvidos os seguintes aspectos: a segurança dos navios que efectuam actividades de pesquisa ou de exploração de recursos; as responsabilidades e obrigações dos Estados que patrocinam entidades que realizam a exploração; o seguro de responsabilidade no contexto da política de segurança marítima da União Europeia. Também foi abordada a problemática ligada à protecção dos recursos vivos e analisada a posição do Tribunal Internacional do Direito do Mar, a propósito do parecer consultivo emitido sobre esta matéria.

Continuar...
 
Exposição Artes de Pesca, em Lisboa

artes de pesca

Foi inaugurada no dia 03 de Abril de 2014, pelas 18h30, no Museu Nacional de Etnologia a exposição temporária Artes de Pesca: Pescadores, Práticas, Objetos Instáveis.

A exposição resulta de uma investigação conduzida no terreno, a partir de 2004, em estreita relação com um grande número de pescadores, de muitos locais da costa, associações e instituições que intervêm no domínio das pescas. Dela resultou a constituição de uma colecção de artes de pesca que agora é posta em articulação com a colecção dos anos 1960, já existente no museu.
A humanidade das práticas de pescas e a compreensão dos seus contextos sociais e organização do trabalho estão expressas nas filmagens feitas durante os anos de pesquisa, observação e constituição da colecção e nas imagens dos pescadores que no início do século XX passaram a ter a sua fotografia nos registos de inscrição marítima e agora habitam a exposição.

 
Edisoft inaugura uma Estação Galileo nos Açores

edisoftgalileo

Teve lugar no passado dia 26 de Março, na Ilha de Santa Maria, nos Açores, a inauguração da nova Estação Galileo Sensor Station (GSS), a mais recente do complexo de estações de rastreio de satélites já existentes naquela Ilha.

Estiveram presentes o Secretário Regional do Turismo e Transportes, Engº Vitor Fraga, o V/Alm José Pereira da Cunha em representação do CEMA, o Galileo Ground Segment Procurement Manager, Sr. Sylvain Loddo, o Presidente do C.A. da Edisoft, Engº João Costa Araújo, o Presidente da Câmara Municipal de Vila do Porto e diversas autoridades locais e representantes de numerosos organismos de alguma forma relacionados com este projeto.

A GSS faz parte de uma vasta rede de estações espalhadas por vários países, que monitorizam a qualidade do sinal e o posicionamento das satélites Galileo que já se encontram em órbita. As antenas VSAT, as infraestruturas com equipamentos de sistemas complementares e serviços de segurança permanentes ligam a estação GSS à rede Galileo. Esta estação foi construida pela Edisoft, também responsavel pela gestão, operação e manutenção desta estação, assim como pela ESA Tracking Station.

Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

APOIANTES do IV CONGRESSO - 2016